22.9.09

Laura Lima - "Nuvens"

Microfilme realizado e editado no celular na abertura da Exposição "Nuvens", da artista plástica Laura Lima.
Na Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro

video

9.9.09

Stela do Patrocínio - A mulher que falava coisas


>> O Filme
O documentário experimental dirigido por Marcio de Andrade é um mergulho no universo poético de Stela, personagem que por 30 anos viveu em instituições psiquiátricas, e traduz suas falas inquietantes com uma linguagem extremamente plástica e visual.

“Stela fala através da poesia. Mas sabe ser direta e falar as coisas sem papas na língua, coisa que muitas pessoas consideradas ‘normais’ têm medo de fazer”, comenta o diretor.

>> A Filmagem
Foram sete anos de pesquisa e produção, desde o primeiro contato com o material de Stela, até a montagem final do filme. A partir do material original gravado em fitas cassete, o filme constrói um mosaico de imagens que permeia as palavras de Stela, fotos inéditas, imagens antigas da Colônia Psiquiátrica Juliano Moreira que misturam-se com imagens experimentais feitas no Rio e no Ceará.



>> A Equipe
A trilha sonora original foi realizada por Felipe Rodarte (Eletrosamba), DJ Negralha (Eletrosamba, O Rappa, Tim Gerlach, absorvendo a delicada proposta do projeto. A pesquisa musical do DJ Zé Octávio (Festas Blax e Rubber Soul) resgatou para o filme a música tema "Stella", do cantor Fábio, ex-parceiro de Tim Maia nos anos 70. A direção, fotografia e montagem ficou a cargo de Marcio de Andrade.


>> História
Parte das falas de Stela do Patrocínio foram gravadas nos anos 80 pela artista plástica Carla Guagliardi e organizadas por Viviane Mosé, no livro de poesias "Reino dos Bichos e dos animais é o meu nome". Foi a partir da publicação do livro, que o público pôde entrar em contato com a obra de Stela e suas falas inspiraram espetáculos teatrais, músicas, teses, pesquisas e filmes.



Participações do Filme
“Stela do Patrocínio – A mulher que falava coisas”
em festivais e mostras

>> Seleção Oficial

12ª. Mostra de Cinema de Tiradentes
30º Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano de La Havana
5º Amazonas Film Festival
12º Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade
18º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo
15º Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema -
14º Vitória Cine Vídeo
CineDocumenta - Festival de Documentários de Ipatinga - MG
9º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte
7ª Mostra do Filme Livre
7ª Festival Internacional da Nova Arte Brasileira - Barcelona
1º Festival do Documentário Independente - Paris
30º Festival de Havana - Cuba 2008

>> Prêmios

11º Festival de Cinema de Pernambuco - CinePE
Melhor Documentário - Associação Brasileira de Documentaristas - ABD-PE

34ª Jornada da Bahia
Menção Honrosa Documentário

5º Curta Santos
Melhor Documentário

saiba mais em www.steladopatrocinio.blogspot.com

5.9.09

Carraspana


Filme de ficção rodado em 35mm. Foi a primeira direção realizada por mim e fiquei muito satisfeito com o resultado. É uma história inspirada nos filmes silenciosos da década de 30, onde as personagens vivem situações simples e seus desenlaces.
Foi um grande trabalho de concepção de imagem, até porque não havia muito negativo. O que sempre provoca a criatividade. Os atores são: André Schmidt, Fernando Linares, Roberta Carius e Antônio dos Sapatos.
O curta participou de vários festivais, dentre eles o Festival Internacional de curtas-metragens de São Paulo, Festival Internacional de Belo Horizonte, Mostra do Filme Livre, Mostra Cinema Sem Palavras (RJ/SP/Brasília), Festival del Cine del Uruguay, dentre outros.

Sinopse: Uma tragédia carioca com bom humor até a última dose. A vida de dois camaradas divididas entre o amor e o álcool.
Ficção, 35mm, 8 min.

com ANDRÉ SCHMIDT, FERNANDO LINARES, ROBERTA CARIUS e ANTÔNIO DOS SAPATOS _Direção MARCIO DE ANDRADE _Assistência de Direção HELENA GUILAYN _Direção de Fotografia EDISON BATISTA _Câmera ANDRÉ LUIZ FERNANDES, OCTÁVIO LOBO, DÉRBIO DA SILVA, _Assistência de Câmera RICARDO MAGALHÃES, OLYMPIO FERNANDES _Eletricista WILDEMILSON FINIZOLA _Produção de Set ADRIANA MAGALHÃES, LUIS CARLOS ANDRADE _Direção Musical FELIPE RODARTE _Trilha Sonora PEDRO ALBUQUERQUE _Participações Especiais TATIANA DAUSTER, WELLINGTON SOARES _Músicos GEORGIA CÂMARA, LUCIANO CÂMARA, MARIA CLARA, PEDRO PAULO JR., PEDRO ARAÚJO, RENATA NEVES _Engenharia de Gravação ALÊ MORAES, JOCA FRAGOSO _Créditos MARINA LUFT, PAULA DELECAVE, THAÍS GUEDES CAMPOS, _Truca JOAQUIM EUFRASINO "BABÁ", SERGIO ARENA _Transcrição de Som GILSON RODRIGUES _Still LEONARDO FEIJÓ, TATIANA ALTBERG

Isto é para quando você vier

Filme realizado sem roteiro, motivado pela paixão ao cinema, livremente inspirado em um trecho de um livro. De caráter experimental, o curta tem narração de Fernando Alves Pinto, ator que inicialmente convidei para fazer o papel, mas que não pode fazer por falta de agenda. A trilha sonora reúne diversas bandas como Fellini, Pixies e no final, Nervoso e os Calmantes, com "Bom veneno". As imagens foram feitas por Felipe Rodarte, Marcelo Gibson e Marcio de Andrade. Durante as filmagens, as presenças de Tatiana Dauster (cantora) e Marcelo Serra (cineasta) foram especialmente colaborativas. O filme participou do Festival de Cinema de Milão em 2006.

Sinopse: Manual prático do que fazer com uma faca e o coração na mão. Curta digital, ficção, 8min.

Desafio Branco

Conversa com o primeiro esquiador cego do Brasil, Marcos Lima. A partir de uma ideia do jornalista Bernardo Tabak, realizamos este pequeno documentário sobre a expriência de vida de Marcos, um atleta que supera seus obstáculos sem enxergá-los. Imagens da neve gentilmente cedidas por Marcos Lima e Thaís Castro.




Saiba mais em www.urece.com.br

Videoarte

Dando continuidade às pesquisas de linguagens que vinha fazendo realizei alguns vídeos experimentais. "Postcard souvenir" foi feito com celular e "Samba só" útiliza o recurso de filmar quadro a quadro acontecimentos contínuos.

Postcard Souvenir



Samba Só



Expiro

Esta videoarte foi um convite da artista plástica Maria Nepomuceno para registrar seu trabalho no carnaval de 2006, durante o desfile do Cordão da Bola Preta. Samba, suor, cerveja e muitas aventuras, onde uma bola rosa com a inscrição "AMOR", se perde entre a multidão. As imagens foram feitas por Marcio de Andrade, Markão Oliveira e Fernando de la Rocque. Uma curiosidade: como o filme tem um caráter documental, a presença de um menino que acompanha a bola rosa é da ordem do imponderável.

Vídeos para Teatro

Primeira Chuva no Deserto

Spot para TV do espetáculo "Primeira Chuva no Deserto", com Ana Paula Pedro e Guta Stresser. Trilha sonora de Nervoso.
Fotografia, edição, edição de som e correção de cor por Marcio de Andrade.



Saiba mais em www.primeirachuvanodeserto.com.br

4.9.09

Electra de Copacabana

Filme realizado para o espetáculo "Electra de Copacabana", com Luciana Borghi.
Fotografia, edição, edição de som, correção de cor e finalização por Marcio de Andrade.
Trilha sonora da abertura por Felipe Rodarte e DJ Negralha.

Eletrosamba

Clipe da Banda Eletrosamba, rodado ao vivo na Fundição Progresso. Com a mistura de sambarock e uma levada cheia de swing
o Eletrosamba diverte a galera.
Produzido em parceria pelas produtoras Ghetto Filmes e Cinema Tique.



Ouça outras músicas da Banda Eletrosamba em www.myspace.com/eletrosamba

Radiokaos

Este Clip da banda Radiokaos, foi feito com Marcelo Gibson, uma parceria entre a Cinema Tique e a Ghetto Filmes. Foi rodado no sebo Baratos da Ribeiro em um um show ao vivo da banda. E também nas ruas de Copacabana. A música "Foi bom, foi mal", foi composta por Leo Ribeiro e Calê.

Assista ao clipe "Foi bom, foi mal"



Veja também matéria sobre a banda no Jornal Hoje (TV Globo), com trechos do clip



Ouça outras músicas da banda em www.myspace.com/bandaradiokaos